Trocar o servidor de som de Pulse para Alsa

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Uma coisa que é diferente do Windows e do Linux é o tema de servidores de recursos. Por exemplo: No Linux, o servidor gráfico (X.org ou XFree) é quem é o responsável por exibir o ambiente gráfico para o usuário. Notem que eu exemplifiquei como sendo dois tipos.

Uma forma fácil (porém incorreta) de explicar é dizer que os diversos servidores são tipos diferentes de driver, que habilitam recursos novos ou diferentes, dão suporte à hardware antigo e etc. Essa é uma explicação meio certa, porque os servidores não são realmente drivers, mas para quem vem do Windows é mais simples enxergar as coisas dessa maneira ;)

Então, no caso do exemplo, existem dois servidores gráficos para Linux. As aplicações, o gerenciador de janelas (Gnome, KDE, XFCE, etc) rodam sobre o servidor X. É ele que dá suporte gráfico, que dá suporte ao mouse, e as aplicações apontar e clicar. Porém ele não é o driver. O driver recebe informações do servidor X e passa as instruções para o hardware executar. Então o X funciona em uma posição intermediária, entre o usuário e o driver de hardware. (Interessou? Leia mais sobre o X aqui , aqui e aqui). Mas não liguem para essa explicaçãozinha mixuruca :P


Falamos sobre video. Mas o tema hoje não é video, mas sim som. Para servidores de som, o mesmo acontece. Porém temos uma confusão ainda maior, porque são 5 tipos (listando apenas os mais conhecidos): Pulse, Alsa, ESD, OSS, Jack.

File:Pulseaudio-diagram.svg
Esquema de funcionamento do Pulse Audio. Notem a como o servidor trabalha
entre as aplicações, o Kernel e o Hardware.

As distribuições mais novas tem vindo com o Pulse audio como padrão. Vi que o Ubuntu trocou seu servidor padrão tem uns dois releases e, a distro que eu uso (linux-mint) também.

O pulse audio funciona muito bem, mas minhas investigações mostraram que em Hardware antigo ele apresenta alguns cliques no som, dá problemas ao aumentar o volume, ou outros problemas aleatórios.

E foi isso que estava acontecendo comigo. Uso uma placa de som já antiga, mas que possui um som forte e que tem me servido bem há vários anos. E o som estava apresentando clickes, barulhos estranhos, dava problema ao avançar músicas, mudar de faixa, etc.

Então eu resolvi retirar o Pulse e trocar pelo Alsa. Já havia funcionado outras vezes com o Alsa. Então fiz a troca:

sudo apt-get remove pulseaudio

Depois de remover o Pulse:

sudo apt-get install alsa

E também instalei o mixer (controle de volume):

sudo apt-get install gnome-alsamixer

E por ultimo instalei o esound:

sudo apt-get install esound

Feito isso, precisei reiniciar. Ao voltar, tive que rodar a ferramenta (gstreamer-properties) via terminal ou via Menu: Sistema -> Preferencias -> Gerenciador de sistemas de multimidia.



Ali selecionei o plugin Alsa, a placa se som correta e cliquei em Test. E o som estava funcionando :D

Agora o som estava funcionando OK, sem estalos ou maluquices. Depois foi só configurar nos aplicativos (mplayer, smplayer e amarok) para usar o servidor Alsa e tava tudo* resolvido ;) 

*(ou quase tudo: Ainda não consegui arrumar o flash. mas melhor um flash sem som do que som nenhum :P)

** Edit: Consegui sim. Mais detalhes nesse post

4 comentários:

Diego disse...

Assim que descobrir como arrumar o som do flash completarei esse guia :P

@tiagomx disse...

salvou minha vida, obrigado!

Anônimo disse...

Muito obrigado por compartilhar seu conhecimento. Resolveu meu problema de som.
Abraço, e viva o Software Livre.

Anônimo disse...

ALSA - Advanced Linux Sound Architecture: Não foi possível utilizar o dispositivo de som

Deu tudo certo até a hora que abri o gstreamer-properties, ja tentei tudo que é tipo de tutorial que achei e ainda não resolvi meu problema. Mas obrigada, seu tutorial está ótimo, muito bem explicado = )