Ubuntu 12.04 (impressões)

terça-feira, 8 de maio de 2012

Olá.

Aqui estamos mais uma vez, pra dar as impressões a respeito de mais um Ubuntu (se é que podemos chamar de impressão, um uso de 2, 3 dias).
Bom, pra não variar nada, não gostei. No bem da verdade, eu nem ia instalar. Acontece que bizarramente, ocorreu um erro do nada aqui (desk do trabalho) e não quis perder muito tempo tentando resolver. Parti logo pra atualização (estava com o 11.10). 
Bom, o Unity continua não me agradando. Tentei usar o Gnome Clássico e algumas coisas não ficaram como eu gostaria. Então, descobri o Cinnamon (interface do Mint). Realmente muito agradável, mas honestamente, pra trabalho, não rolou uma química muito grande. Então, minha experiência no 12.04 acabou. Resolvi voltar pra trás (e mais do que já estava). Instalei o 10.04 e voltei a ser feliz (e tenho atualizações até 04/2013!).

Ah, antes que esqueça. O 12.04 tem algumas coisas bem novas, como um simples ALT+TAB não funcionar. ¬¬

De toda forma, ele pode vir a ser interessante, do ponto de vista doméstico, pra um uso mais esporádico ou sem grandes exigências.
Mesmo assim, continuo achando que o Unity só cabe bem em Netbook (onde eu uso) e tablets.

[]s

Ubuntu 12.04

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Olá.
Já está entre nós, a mais nova versão do Ubuntu. Agora é LTS (suporte estendido). O que convenhamos, deveria ser a única. Enfim...

Segue o link: http://www.ubuntu.com/download/desktop/alternative-downloads

Mais uma vez, como sempre, baixem e compartilhem preferencialmente, via torrent.

[]s

Transmissão da declaração do IR

terça-feira, 20 de março de 2012

Olá.

Ontem eu falei do programa (IRPF 2012) para elaborar a declaração e acabei esquecendo do transmissor. Na verdade, eu só percebi após terminar e ter de enviar.
Bom, nada de muito complicado. Basta fazer o download do software (Receitanet) no mesmo site.

Em seguida, dê permissão de execução pra ele.
sudo chmod +x "instalador baixado"
Execute e instale:
sudo ./"instalador baixado"
Se estiver com o software "principal" (o elaborador da declaração) aberto, feche-o e abra novamente. O envio é feito por ele mesmo, mas ele pode não entender que o outro foi instalado. =P
Bom, por aqui, deu tudo certo. IR declarado e enviado. Agora é aguardar a restituição. \o/

[]s

Imposto de renda via Ubuntu

domingo, 18 de março de 2012

Olá.
Dica rápida pra instalar o programa da receita pro imposto de renda 2012.
Na verdade, nenhuma novidade com relação aos anos anteriores, mas vale a atualização:

Baixe o instalador no site da receita.
Altere a permissão para execução:
sudo chmod +x "instalador baixado"
Por fim, siga os passos de instalação (a la Windows), com next, next e pronto.

Obs.: caso ele pergunte onde está o Java, será necessário a instalação do mesmo. Sugiro que vá ao site da própria Sun e verifique a versão mais atual.
Aqui, já demos uma dica a respeito, mas em todo caso, pode ter havido alguma atualização.
[]s

Ubuntu Server Survey 2012

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

The Ubuntu Server Survey is finally ready to be published it makes for a fascinating read. It is the third survey of its kind and again it has been an overwhelming response with over 6,000 completed surveys throughout 2011 and a heartfelt thanks to all who took the time to complete the comprehensive survey.

The overwhelming impression is the widespread use of Ubuntu both geographically as you might expect with respondents from across the globe. but also in the broad range of workloads in which Ubuntu Server finds itself used. Every category from web and data servers to cloud shows up strongly albeit with a strong bias towards traditional workloads.

As we approach an LTS, again we see evidence of the popularity of the extended support releases. Given we have run this survey three times now over the past three years now we begin to see strong evidence of the switching from one LTS to the next, particularly as the deployment platform, so our user base is certainly staying with us as as we introduce new features and support them in the long term.

Virtualization and cloud are now key elements of Ubuntu use, and for the first time we see KVM overtake Xen as the preferred virtualization technology for Ubuntu users, significant as the platform was the first to make the switch to supporting KVM as the native technology. With that though, VMWare remains the most cited virtualization technology showing a healthy mixture of open source and other technologies at use in the Ubuntu user base.

The respondents consideration of cloud makes for interesting reading too. There is significant interest but the use of Ubuntu Server on bare metal remains the primary use case for most users today. There is strong recognition though of the emergence of this powerful technology and with the plans for ease of installation and orchestration in 12.04 LTS it will be interesting to see how this moves the dial in regards to uptake in the Ubuntu base. A deeper analysis shows a bias towards larger companies (i.e. respondents with more servers) using cloud technologies which is to be expected and overwhelmingly there is recognition of the suitability of Ubuntu Cloud as a basis for those efforts.

Enjoy the full report, it would be very interesting to hear your comments.

From: http://blog.canonical.com

Canonical anuncia Ubuntu TV

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Notícia já antiguinha, mas muito interessante (quem levantou a lebre, foi a galera do GCC):

Ao contrário do que indicavam os rumores iniciais, o anúncio da Canonical na CES desde ano não foi um smartphone, mas algo bem maior. Especificamente, algo por volta de 40 polegadas maior: uma TV rodando uma versão do Ubuntu, com vários recursos especiais.

A Ubuntu TV é apenas o primeiro passo para o projeto de dominação mundial que a Canonical já havia anunciado meses atrás, e ao que parece a proposta de levar o Ubuntu a todos os dispositivos possíveis é séria. Com o slogan “TV para seres humanos” a proposta é bater de frente com a Apple e o Google, que também pretendem oferecer soluções parecidas.

Será que vai dar pra instalar o GNOME?

A interface da Ubuntu TV é bem familiar com o Unity, mas com algumas adaptações para que o usuário possa navegar entre filmes e programas de TV, assistir filmes no YouTube e mais, muito mais. Para o usuário que já se acostumou ao Unity, usar a Ubuntu TV será a coisa mais simples do mundo. Para o usuário que nunca tocou no Ubuntu, talvez leve uns cinco minutos para entender a interface.

Mais: Teste agora mesmo Ubuntu TV seguindo esse tutorial

Há outros recursos interessantes na Ubuntu TV. Usando o Ubuntu One, será possível compartilhar arquivos entre aparelhos com iOS, Android e o próprio Ubuntu. A Ubuntu TV separa sugestões de filmes e séries para assistir por usuários, assim como é possível separar listas de execução por usuários também. Ou seja: Você, seu filho e sua esposa podem ter perfis diferentes dentro da Ubuntu TV.

Embora ainda não exista nenhuma parceria confirmada com fabricantes de TV, Jane Silber, CEO da Canonical, garante que muitas empresas já estão em uma fase de negociações bem avançadas. E uma grande sacada da Canonical para conseguir o apoio dos fabricantes é oferecer o software do Ubuntu TV de graça. Assim, se uma LG ou uma Samsung (por exemplo) quiserem lançar TVs com a Ubuntu TV, não precisam pagar valor algum à Canonical. (Provavelmente a Canonical deverá ganhar uma parcela em cima da compra de conteúdo online, mas estou apenas especulando).

Já existe um hotsite para a Ubuntu TV, com maiores informações sobre o produto. E, se você já está animado com a notícia, é bom se acalmar: produtos com a Ubuntu TV devem chegar primeiro ao mercado norte-americano e chinês, e apenas no fim do ano. Mais ou menos quando o mundo acabar.