Em um ano, conteúdo do Steam para Linux aumenta em 1600%

domingo, 23 de fevereiro de 2014



Após doze meses desde o lançamento estável, o número de jogos disponíveis no Linux aumentou considerávelmente. Os jogos listados nesta página de busca do Steam, mostram um salto de pouco mais de 1600% nos jogos disponíveis. Saltando de meros 50 títulos para mais de 850 hoje.

Depois de muito tempo gasto no Beta em 2012, esse popular serviço de distribuição de jogos foi formalmente lançado para o Ubuntu no dia 14 de 2013.

Com as primeiras Steam Machines sendo lançadas neste ano, o rítimo de títulos recém-chegados no Linux improvavelmente irá desacelerar. 2014 pode ser o ano que começaremos a ver grandes títulos dos jogos lançados no Linux ao mesmo tempo do lançamento no Windows e Mac.

Nota:

Na página de buscas do Steam o número de jogos no Linux é 853, mas segundo a fonte o número é 537.

por LBFlbf1, fonte: Omgubuntu GameVicio

Problema de DNS não resolver (Ubuntu) / DNS not resolving problem(Ubuntu)

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014















Instalei a distro dentro de uma rede corporativa (com domínio windows). Ao chegar em casa, a Internet não funciona. Nenhum endereço resolve.


  

Deve ser um problema com a configuração de DNS. Vamos ver o arquivo /etc/resolv.conf

Voltando para o Linux?

 

Hum, oi?  Faz tanto tempo que isso aqui tá abandonado, que me bati para achar como faz posts. :P

Faz tempo, né? Pois é.

Estou voltando para o Linux agora. Depois de 3 anos. Vamos ver como vai ser a viagem.

Esse recomeço foi bem complexo (por causa do UEFI, logo mais eu conto), mas consegui fazer o pinguim ficar lado a lado com o Win8.

E por que eu estou aqui se sou usuário de Windows convicto?


Motivos corporativos. Talvez eu acabe me envolvendo com Linux e com Android.


Então nada melhor que recolocar o pinguim nas máquinas domesticas e voltar a me aventurar por ele, para voltar a se ambientar com o sistema. Voltar a "sujar as mãos", kkkk.

 Engraçado como as coisas são. Mais de 10 anos atrás, eu lia uns artigos do Carlos Morimoto e eu lembro de um que o título era "o Windows venceu, conforme-se". Agora, nesse recomeço voltei ao site dele (que é uma referencia muito boa em Linux) e estou relendo. Aí topei com esse artigo. Vejam só:


Esta entrevista do The Rasterman (o desenvolvedor do Enlightment e de outros projetos open-source, bastante famoso) publicada pelo Linux and Main em Setembro de 2002 contém várias opiniões interessantes sobre o desenvolvimento do Linux:
 "Não nos desktops, não nos PCs. Em nada que lembre o que você chama de desktop. O Windows venceu, conforme-se. O mercado não é governado por um Kernel superior ou por um sistema que não trava. Os usuários não se importam, eles simplesmente reiniciam e continuam com ele. Eles querem aplicativos e se os aplicativos que eles querem e gostam não estão aqui, então é perda de tempo"
 http://www.hardware.com.br/livros/dominando-linux/windows-venceu-conforme.html


Fui pesquisar sobre a entrevista citada e encontrei ela. O Rasterman continua:

The only place you are likely to see Linux is the embedded space. Purpose-built devices to do a few things well. There is no encumbent app space to catch up with as a lot of the apps are custom written. It's still a mostly level playing field. This is where the strengths of Linux can help make it shine.


LaM: Where do you think the future ought to lie for desktop Linux?

R: There is none. The future for Linux for anything that isn't a headless server in a back room tirelessly serving out data and services all day long is on the device market, from PDA to phone to watch.
  http://download.enlightenment.org/historical_files/pages/20021216233956__www.linuxandmain.com__modules.php%3Fname=News&file=article&sid=141



Isso em 2002! O Cara deu um chute e acertou na mosca!


Nesses últimos 12 anos, eu vi o sistema evoluir MUITO. Evoluir muito a ponto de idiotas como eu conseguirem usá-lo  :P

Não vou entrar nos méritos se está melhor que o Windows ou não. É uma alternativa viável hoje, e tende a se tornar uma alternativa mais viável nos próximos anos (É só ver o milagre que a Valve está fazendo com toda a parte de video 3D para Linux).

Mas o fato é que devido ao Android, o Linux hoje é o sistema operacional mais usado no Mundo, mesmo que pouca gente saiba disso e mesmo que não contem o Android como Linux.

E por isso estou aqui novamente. Voltando para o Linux. Será que eu ainda consigo aprender algo?

Vamos ver, vamos ver.